19 de setembro de 2011

Vitória empata com o Braga no derby minhoto.

O jogo começou bem para o Braga com Hélder Barbosa, Hugo Viana e Ewerton a criarem oportunidades de golo cruciais, mas nenhum deles conseguiu ser feliz. Só aos 20 minutos o Vitória conseguiu invadir a baliza do Braga, através dum livre de Marcelo Toscano, mas Quim agarrou com facilidade.
Entretanto nos minutos seguintes o Braga continuou a trocar bem a bola e a dominar o jogo, até que ao minuto 30, a defensiva do Vitória recupera a bola e num contra-ataque, Edgar recebe e finaliza, fazendo o 1-0.
Nos instantes seguintes explode um foguete, perto de Quim, arremessado da bancada e o jogo pára durante uns minutos.
Entretanto o jogo manteve-se morto até ao minuto 45, em que Lima bateu um livre, mas Nilson agarrou. Ao intervalo o Braga perdia por uma bola a zero, mas com um jogo bem disputado com o Vitória, e não perdia a esperança mudar o rumo do jogo.
No início da 2ª parte, Leandro Salino sai, sendo subtituído por Nuno Gomes. O Braga coloca o veterano goleador a jogar, procurando atacar mais.
O jogo na 2º parte começou muito disputado por ambas a equipas a criar oportunidades de golo. Destaque para as oportunidades de golo de Hélder Barbosa, El Adoua e Lima.
Tudo fazia prever que o jogo continuava muito renhido para ambas as equipas e que tudo podia acontecer. E aconteceu mesmo, chegou o minuto 83, livre para o Sporting de Braga, batido por Alan. O brasileiro mete a bola na área, estava lá o seu compatriota Paulo Vinícius que cabeceou para o empate. Um balde de água fria em cima dos adeptos do Vitória que já festejavam a provável vitória sobre o seu rival.
Nos minutos seguintes poucas oportunidades , e assim foi até ao fim.
Empate a uma bola no D. Afonso Henriques, no derby minhoto.
Os arsenalistas perderam a oportunidade de se juntar ao Benfica e F.C.Porto na frente da tabela. Os vitorianos, por sua vez, ficaram em 12º lugar.

Sem comentários:

Enviar um comentário