23 de outubro de 2011

Benfica vence em Aveiro


O Benfica foi ao Municipal de Aveiro vencer o Beira-Mar por 1-0, com um golo solidário de Cardozo, e com muitas culpas para o guarda-redes aveirense, Rui Rêgo.

O Beira-Mar, que se apresentava no jogo como a melhor defesa do campeonato até ao momento, entrou a matar, primeiro aos 15 minutos, com Artur a rematar perto da trave do Benfica e depois com Zhang, num remate para defesa difícil de Artur Moraes.

Contudo, o Benfica respondeu bem aos ataques do Beira-Mar, com Witsel a criar duas oportunidades, na primeira faltava Cardozo para finalizar e na outra Rui Rêgo defendeu.

O jogo corria bem a ambas as equipas, até que aos 42 minutos acontece o momento do jogo. Rui Rêgo, numa saída infeliz falha um remate, para afastar o perigo, mas acaba por assistir Óscar Cardozo para o golo. Ao intervalo os “encarnados” venciam por uma bola a zero.

Contudo o Beira-Mar não se fez rogado e entrou bem, com Artur a surgir no segundo poste, mas atirou por cima. Aos 67 minutos criou a oportunidade de golo mais perigosa do jogo, com Douglas a rematar mas Artur defendeu.

O Benfica podia ter marcado mais um golo, aos 73 minutos, com remate de Rúben Amorim, mas a bola vai ao poste.

O Benfica vence em Aveiro, sem contestação, e é líder provisório com 3 pontos a mais que o FC Porto que só joga amanhã, frente ao Nacional da Madeira.

Homem do jogo: Artur Moraes – O guardião do Benfica exibiu-se ao mais alto nível, impedindo a sua equipa de sofrer golos em Aveiro e salvaguardando a vantagem no marcador dos “encarnados”. Mais uma de muitas grandes exibições deste guarda-redes.

Onzes iniciais

Beira – Mar: Rui Rêgo, Pedro Moreira, Yohan Tavares, Hugo, Joãozinho (Atila Turan), Nuno Coelho, Zhang (Serginho), Artur, Nildo, Balboa (Dudu) e Douglas.

Benfica: Artur Moraes, Ruben Amorim, Luisão, Garay, Emerson, Nolito (Aimar), Matic, Bruno César (Javi García), Axel Witsel, Cardozo e Saviola (Gaitán)

Sem comentários:

Enviar um comentário